Pequenos prazeres

February 14, 2010

– Deitar no sofá de tarde e cochilar (Melhor ainda quando está chovendo)

– Sentir o cheiro de um livro novo.

– Ver House e imediatamente ficar mais feliz.

– Deitar na cama super cansada em uma sexta feira, sabendo que amanhã não tem hora pra acordar.

– Ouvir Arctic Monkeys e imediatamente ficar mais feliz.

– Entender a matéria de matemática (Me sinto uma deusa invencível quando isso acontece).

– Se enfiar numa manta com um chocolate quente com canela e nutella quando está frio.

– Rir com minhas amigas.

– Abraçar alguém.

– Ser elogiado.

– Fazer um desenho inspirado numa música, e depois olhar e pensar “Ficou bom, cara!”

– Decorar a letra de uma música.

– Nerdar sobre bandas/filmes/séries com outras pessoas.

– Escrever algo besta no braço da sua amiga. (E ela escrever algo besta no seu braço também).

– Ler fanfics :3

– Ter sonhos super realistas e é claro, bons.

– Calçar o seu All Star surrado.

– Comprar um CD e ouvir (Ainda acho mil vezes mais prazeroso do que ouvir no computador.)

(…) Muitos mais, mas esses são os que eu lembro.

Advertisements

É estranho

February 12, 2010

Sentir saudade por antecipação. Sei lá, acho que só deve acontecer quando você ama muito alguém.
Por mais que eu esteja muito feliz porque minha irmã entrou na faculdade, ainda é tão, não sei, desesperador? É EM BAURU!

Egoísmo total ao falar isso, mas o que eu vou fazer sem ela? Muita gente deve pensar “Ela é sua irmã, pra que tudo isso?”.
Irmãos supostamente deveriam se arranhar, arrancar pedaços de carne um do outro (tá, nem tanto) – mas supostamente não deveriam se dar bem. Mas eu e minha irmã nos damos muito bem… Não sei, ela é simplesmente especial.

a cada linha desse post eu estou me sentindo mais gay

Quer dizer, pra quem eu vou falar minhas inutilidades de fã? Quem vai fazer musiquinhas idiotas comigo? Quem vai ficar comigo falando que o Wilson é bocó? Quem vai (não) me ouvir (porque está brisando)? Quem eu vou irritar (XD)? HEEEIN?

E tipo, ela vai pra lá dia 19 – DEZENOVE! E hoje é dia DOZE! Daqui a pouco eu entro em desespero.  Acho que vou tomar Valium -n

Mas fazer o que? Acho que tudo que eu tenho a fazer é “Keep calm and carry on”. E é claro, ficar hiperfeliz por ela. Eu sobrevivo. (Ou não, já que provavelmente vou voltar da escola de trólebus sozinha ‘-‘ QQ)

Estou dividida entre esses dois extremos. Platéia, dêem um apoio para o extremo esquerdo. XD

Hello world!

February 9, 2010

Oi né. Erm.
Meu primeiro WordPress, mas não meu primeiro blog. Não sei mexer em merda nenhuma desse site e estou descobrindo isso agora. Sério, que site que usa CSS ao invés de HTML? Não sou expert em nenhum nos dois, mas sei um pouquinho de HTML… mimimi.
Enfim, esse wordpress vai ficar com um tema feito até que eu consiga achar um site decente com temas bons. Talvez eu nunca ache. Todos os sites que eu fui de ‘temas para o wordpress’ eram todos para quem sabe algum desses códigos malucos. Oi, não tem nenhum para amadores? ._.

Enfim, vou me apresentar ao invés de ficar reclamando no primeiro post.

Meu nome é Bárbara Reis, eu provavelmente sou um ET, não ouço o que todos ouvem, não vejo os programas que todos vêem, e nem é de propósito. Eu abomino o normal, mas juro que não é.  Sou viciada em Arctic Monkeys (se você conhece eles percebeu pelo meu link); House e Supernatural. Acho essa nova modinha colorida ridícula; odeio o fato de nunca achar alguém indie; não gosto muito do Brasil e o meu sonho é morar na Inglaterra (falem o que quiserem. A maioria critica porque eu sou muito chata em relação a isso. Mas enfim, fuck off); tenho uma obsessão pela Inglaterra desde que eu tinha 4 anos. Tudo culpa dos ônibus de dois andares.

Nos meus 4 anos, em uma tarde qualquer. Eu vendo Operação Cupido (sou viciada nesse filme desde… sempre) e vejo o bendito ônibus vermelho. Então eu pergunto:

Eu: Pai, eu quero andar nesse ônibus! Onde tem um desses?
Pai: Então vai para a Inglaterra, só lá tem – sorri.
Eu: Eu vou! E vou querer andar no segundo andar – olhos brilham
– pai olha pensando que a filha sonha alto –

lol. Mas foi bem assim mesmo. Esse pequeno diálogo mudou minha mente e a centrou na Inglaterra. Depois veio Harry Potter, o Rupert Grint (que me fez obsessiva por ruivos), o Ed Westwick… E desde então eu acho surpreendente como todas as bandas/atores/filmes que eu gosto são ingleses.

Pretendo ser uma Publicitária ou uma Jornalista… Se bem que já me disseram que eu combino com moda. Até gosto, mas ainda acredito que eu teria que ter uma grana considerável para fazer esse curso… /fato. Além de que eu sou completamente  fascinada com comerciais e revistas/jornais. Mas eu digo que seu fizesse Jornalismo eu escreveria em revistas de moda. Ah, qual é, eu adoro moda. (Mas não a parte de fazer roupas. É, sou meio complicada).

Ah, e falando em moda, eu tenho que dizer que eu simplesmente amo/idolatro a Alexa Chung. Sério, não costumo gostar de modelos, mas ela é simplesmente demais. Ela é simples e mesmo assim faz os looks mais ‘OMG!’ do mundo (pelo menos para mim).

Tenho que dizer também que sou muito random; sou sem noção e muito maluca. Como eu disse, abomino o normal – estufa o peito -não. Mas sei lá, eu gosto de ser diferente.
Sou muito besta, rio por nada, sou brava – mas ainda sim muito avoada, sou observadora, falo demais, sou viciada em internet, sou sedentária, odeio insetos – por mais pequenos que eles sejam. Sou uma garota da selva de pedra e não tente mudar isso. Amo nutella, amo chuva – abomino profundamente o calor, sou um pouco pessimista (mas se bem que perto de algumas amigas minhas eu me sinto ‘a otimista’), sou meio ciumenta, sou desajeitada, crítica, um pouco anti-social, sonhadora, uma fã meio maluca, sou vingativa (insira risada maquiavélica aqui), sou um pouco paranóica, odeio gente falsa, odeio clichê, odeio gente muito politicamente correta, odeio fanáticos religiosos que acham que Deus tem culpa de tudo, gosto mais do Pateta do que de outro personagem da Disney, adoro animações da Disney, não choro muito fácil vendo filmes, valorizo muito meus amigos e ao contrário de – creio eu – (bem) mais da metade do mundo, amo minha irmã demais. Sei que é gay, mas sinceramente ela é demais.

Enfim, tentei me descrever… Mas eu estou em constante mutação. Se bem que eu acho que tudo que eu escrevi aqui é permanente. Enfim…

essa aí sou eu, linda e absoluta -n Bem, oi.

Eu e minhas amigas (que podem me matar por eu colocar essa foto) que iram aparecer constantemente. Eu, Mik, Allicia e Beatriz.

A maior parte dessa foto é a minha banda favorita – Arctic Monkeys. Tive que colocar essa foto, eu encontrei ela hoje, mas nunca ri tanto na minha vida.

Alexa Chung aka Diva. XD


Minha irmã – Raisa, vulgo Jimmy – E eu com chapinha XD

Minha obsessão.

Dr. Gregory House IS god.

Fim das figuras que ilustram, agora, até mais. Voltarei com mais idéias sem noção, ou não né.

#nowplaying The Bakery – Arctic Monkeys